segunda-feira, 31 de dezembro de 2007

Feliz 2008!!!


Receita de ano novo

Carlos Drummond de Andrade

Para você ganhar belíssimo Ano Novo
cor do arco-íris, ou da cor da sua paz,
Ano Novo sem comparação com todo o tempo já vivido
(mal vivido talvez ou sem sentido)

para você ganhar um ano não apenas pintado de novo, remendado às carreiras,
mas novo nas sementinhas do vir-a-ser;
novo até no coração das coisas menos percebidas (a começar pelo seu interior)
novo, espontâneo, que de tão perfeito nem se nota, mas com ele se come, se passeia, se ama, se compreende, se trabalha,
você não precisa beber champanha ou qualquer outra birita,
não precisa expedir nem receber mensagens (planta recebe mensagens? passa telegramas?)

Não precisa fazer lista de boas intenções para arquivá-las na gaveta.
Não precisa chorar arrependido pelas besteiras consumidas nem parvamente acreditar que por decreto de esperança a partir de janeiro as coisas mudem
e seja tudo claridade, recompensa, justiça entre os homens e as nações,
liberdade com cheiro e gosto de pão matinal, direitos respeitados, começando
pelo direito augusto de viver.

Para ganhar um Ano Novo
que mereça este nome,
você, meu caro, tem de merecê-lo,
tem de fazê-lo novo,
eu sei que não é fácil,
mas tente, experimente, consciente.

É dentro de você que o Ano Novo cochila e espera desde sempre.

quarta-feira, 24 de outubro de 2007

Minha homenagem ao dentista poeta que virou estrela no céu!


PARTE DE MIM

REYNALDO SANCHEZ


UMA PARTE DE MIM SE REPARTE

UMA PARTE FICA TRISTE

OUTRA PARTE SE ALEGRA



UMA PARTE SE UNE

OUTRA SE DESINTEGRA



QUANDO UMA PARTE SE PUNE

OUTRA PARTE SE PERDOA



QUANDO UMA PARTE TRABALHA

A OUTRA SÓ FICA À TOA



UMA PARTE DE MIM SE DESLOCA

OUTRA PARTE SE ANINHA



TENHO UMA PARTE DE ANJO

E OUTRA PARTE DANINHA



PARTE DE MIM CONSIDERA

OUTRA PARTE DEBOCHA



PARTE DE MIM É MAIS FRACA

A OUTRA PARTE UMA ROCHA



UMA PARTE ENXERGA TUDO

A OUTRA TEM MIOPIA



PARTE TEM UM BOM GUIA

PARTE SE PERDE À TOA



PARTE DE MIM É O DIABO

MAS, A OUTRA PARTE É TÃO BOA.

É Nóis!

domingo, 9 de setembro de 2007

sexta-feira, 17 de agosto de 2007

E que semaninha!!!


Dia dos Pais no Colégio


sexta-feira, 10 de agosto de 2007

O poeta está vivo...ao meu querido tio Reynaldo


Baby compre o jornal e vem ver o sol
Ele continua a brilhar, apesar de tanta barbaridade

Baby, escuta o galo cantar
Aurora dos nossos tempos
Não é hora de chorar, amanheceu o pensamento

O poeta está vivo, com seus moinhos de vento
A impulsionar a grande roda da história

Mas quem tem coragem de ouvir
Amanheceu o pensamento
Que vai mudar o mundo
Com seus moinhos de vento

Se você não pode ser forte
Seja pelo menos humana

Quando o papa e seu rebanho chegar, não tenha pena
Todo mundo é parecido quando sente dor

Mas lua e sol ao meio dia, só quem está pronto pro amor
O poeta não morreu, foi ao paraíso e lá ficou...(licença poética Frejat!)
Conheceu os jardins do Éden e nos contou

Mas quem tem coragem de ouvir
Amanheceu o pensamento
Que vai mudar o mundo
Com seus moinhos de vento

Mas quem tem coragem de ouvir
Amanheceu o pensamento
Que vai mudar o mundo
Com seus moinhos de vento

O poeta não morreu, foi ao paraíso e lá ficou..
Conheceu os jardins do Éden e nos contou

Mas quem tem coragem de ouvir
Amanheceu o pensamento
Que vai mudar o mundo
Com seus moinhos de vento

segunda-feira, 23 de julho de 2007

Em férias na casa dos meus pais


Esse não é um lugar lindo?
E é a casa dos meus pais.
Muito bom ficar aqui, curtir meu filho, meus pais, meus sobrinhos, o sossego do lugar, a paz, o silêncio...
Não ter horário pra acordar, não ter compromisso, poder ficar simplesmente no "dolce far niente".
Férias é isso...
Pena que passam tão rápido, mas o bom é que sempre podemos vir aqui mesmo não sendo férias.

sexta-feira, 13 de julho de 2007

Olha só que belezinha de formanda!


Mais uma etapa: Formatura do Intermediário


Eu e meus colegas formandos


domingo, 8 de julho de 2007

Ratatouille....AMEI!!!


E agora, lá vai a receita do "mini-chef"
Ingredientes
6 colheres (sopa) de azeite de oliva
5 cebolas picadas
1 buquê garni ( é essencial, veja abaixo)
3 pimentões vermelhos cortados em quadrados
2 berinjelas cortadas em cubos
3 abobrinhas italianas cortadas em cubos
6 tomates médios cortados em meia-lua
Sal à gosto
1 limão
1/2 xícara (chá) de salsinha fresca fresca picada

Modo de Preparo:
Numa panela, aqueça duas colheres de azeite de oliva, acrescente a cebola e o buquê garni e refogue até a cebola ficar dourada. Adicione o pimentão e cozinhe até ficar macio, mas não mole. Transfira para uma tigela e reserve. Deixe o buquê garni na panela.
Na mesma panela, aqueça mais 2 colheres de azeite e refogue a berinjela. Retire do fogo, coloque em outra tigela e reserve. Adicione o azeite restante, refogue a abobrinha, retire do fogo, coloque em outra tigela e reserve.
Volte a mistura de cebola e pimentão à panela, junte o tomate e refoque por 10 minutos. Adicione os refogados de berinjela e abobrinha e deixe no fogo por 5 minutos. Tempere com sal, transfira para uma tigela e leve à geladeira por 24 horas.
Retire o buquê garni e sirva em temperatura ambiente ou quente. Esprema por cima o suco de limão, regue com azeite de oliva extravirgem e polvilhe a salsinha. Sirva com pão.

Buquê Garni: Coloque 10 ramos de salsinha, 8 grãos de pimenta-do-reino, 1/2 colher (chá) de tomilho, 1/2 colher (chá) de erva-doce e 1 folha de louro sobre um pedaço de pano fino e amarre, formando um saquinho ou trouxinha. (o pano fino deve ser de algodão tipo fralda ou amorim).
Receita: Revista Menu

terça-feira, 3 de julho de 2007

Consegui! Apaguei o comentário do Invasor!!!


VAI INVADIR OUTRO LUGAR SEU CHATO!



Não vejo a menor graça em invadir o blog das pessoas para fazer propaganda.

A todos que vierem visitar meu blog desconsiderem esse comentário besta que faz propaganda do cara que faz camisetas.

Aliás ele deve fazer muito poucas camisetas pois tem tempo de sobra pra ficar invadindo o blog dos outros pra escrever bobagens.

Espero que ele nunca mais apareça.

Ainda estou tentando apagar o comentário dele, pois poluiu minha página, estragou meu dia.

Pessoas assim estragam a Internet.

quinta-feira, 21 de junho de 2007

Parabéns Bruninho!!!!


Meu pequeno super herói fez ontem 6 anos!
Não é demais!
Ele está ficando um mocinho, cada dia mais lindo e gostoso.
No domingo vamos colocar 10 crianças aqui no apto.
Vamos ver o que vai rolar...
"Hoje é festa lá no meu apê...."
Meu amorzão...mamãe te ama demais!!!!
Que você seja muuuuuuuuuuuuuuito feliz e que Deus te abençoe sempre!!!

domingo, 17 de junho de 2007

BONS CURATIVOS...TAMBÉM QUERO



CORAÇÃO PARTIDO

Hoje, acordei sentindo uma grande dor no peito.
Sentei-me ao pé da cama, coloquei minha mão sobre meu peito,
e perguntei ao meu coração: 
O que você tem? Porque está tão inquieto dentro de mim?

Fiquei uns minutos em silêncio e aí foi minha alma a começar a ficar inquieta...  
Perguntei a ela... 
O que tens?
Porque se atormenta dentro de mim? 


Minha alma disse: Estou assim porque você está assim; 
Você me faz perguntas, mas não tenho as respostas e sei que isso a faz infeliz...
Você se sente tão pequena, e isso me faz pequena também...
Você queria ser diferente e eu fico triste por você...
Você está tão só, e eu me sinto sem você... 
Mais uma vez tornei a ficar em silêncio...
E foi aí que meu coração meio confuso me respondeu... 
Estou tão triste...
Sinto-me tão pequeno...
Estou magoado com você! 


Fiquei sem jeito e perguntei...
O que foi que eu te fiz? 
Ele respondeu...
Você sofre tanto com as pessoas; preocupa-se com elas, é atenciosa, procura ser prestativa e na maioria das vezes sempre se decepciona...

Você ama e depois sofre e fala que a culpa é minha...
Você espera por algo que não vem e fica triste...
Aí você chora só que dói é em mim...

Preciso de curativos para um coração partido...
Curativos bons. 
Perguntei ao meu coração:
"Como assim bons curtativos? 

Ele respondeu...
Curativos que estanquem essa sua tristeza, essa sua mágoa, essa sua solidão...
Que estejam com você nos dias frios e nas noites vazias, nos dias de tempestade e nas horas que você se sentir tão só...

Que eles sejam tão grandes que possam envolver seu corpo em um abraço cheio de ternura e que você se sinta segura e amparada...

Curativos que te façam sentir o quanto você é especial e amada, mesmo que você nunca tenha sentido esse amor, nem de seus próprios pais...

Preciso de bons curativos, que não sejam eternos, afinal nada é para sempre, mas, que não sejam descartáveis...

Curativos que absorvam esse sofrimento, essa dor...

Essa ferida que não se vê, apenas se sente...

Que sejam fortes, e aprova dágua, para que não se estraguem com suas lágrimas, que sejam macios, para poder te fazer carinho nos dias em que você se sentir carente...

Curativos que acima de tudo nunca te decepcione, prometendo coisas que não cumprem... Curativos companheiros e sinceros, que se importem realmente com você...

Não quero pena, quero amor... Amor de verdade.

Preciso que você também se ame e prometa que vai procurar cuidar mais de mim, pois sou parte de você e se você sofre eu também sofro...

Queria poder colocar você dentro de mim, secar suas lágrimas, ninar você...

Dizer-te que tudo vai passar e te proteger das decepções da sua vida.

Afinal você já sofreu tanto que não sei como ainda consigo bater forte em seu peito...

Você é especial...

Pena... Ninguém perceber isso!

Talvez seja por que você não demonstre sentir isso na sua vida.

É por isso que eu preciso de


Curativos para um coração partido...

(autor desconhecido)

Um pouquinho de Poesia



Bilhete
Mário Quintana


Se tu me amas, ama-me baixinho

Não o grites de cima dos telhados

Deixa em paz os passarinhos

Deixa em paz a mim!


Se me queres, enfim, tem de ser bem devagarinho,

Amada, que a vida é breve, e o amor mais breve ainda...

sexta-feira, 15 de junho de 2007

Sem palavras...




Na Festa das ex alunas do Sagrado


Essa foto seria inimaginável!

Eu e minha antiga professora de matemática:

Dona Zuleide!!!!!

Quanto brincamos na aula dela, eu e minha amiga Rosana!

Dizíamos que ela usava uma peruca Kanekalon.....

Nossa...que coisa mais antiga!!!!

Mas foi uma coisa deliciosa encontrá-la!

Relembrar o passado no Colégio...

Tempos muito bem vividos.

terça-feira, 12 de junho de 2007

Dia dos Namorados em grande estilo




You Light Up My Life


So many nights, I'd sit by my window,

Waiting for someone to sing me his song.

So many dreams, I kept deep inside me,

Alone in the dark, now you've come along.


And you light up my life,

You give me hope, to carry on.

You light up my days

And fill my nights with song.


Rollin' at sea, adrift on the waters

Could it be finally, I'm turning for home

Finally a chance to say, "Hey, I Love You"

Never again to be all alone.


And you light up my life,

You give me hope, to carry on.

You light up my days

And fill my nights with song.


You, You light up my life

You give me hope to carry on

You light up my days

And fill my nights with song

It can't be wrong, when it feels so right


Cause you, you light up my life

sexta-feira, 1 de junho de 2007

Lembrei dessa música hoje...


TRIBO DOS CARAJÁS
Martinho da Vila

Tribo dos carajás

Noite de lua cheia

Aruanã!

Menina moça é que manda na aldeia



A tribo dança e o grande chefe pensa

Em sua gente

Que era dona deste imenso continente



Onde sonhou sempre viver da natureza

Respeitando o céu

Respirando o ar

Pescando nos rios

E com medo do mar



Estranhamente o homem branco chegou

Pra construir, pra progredir, pra desbravar

E o índio cantou

O seu canto de guerra

Não se escravizou

Mas está sumindo da face da Terra



Aruanã! Aruanã açu

É a grande festa

De um povo do alto - Xingu

quarta-feira, 30 de maio de 2007

Meu Dragonballzinho


domingo, 20 de maio de 2007

Meus colegas formandos de maio do Officina


Ficamos muito lindos né?

Concluí o Iniciante do Officina Amantes do PSP

Uêbaaaaaaaaaaaaaaa!!!!!!

Olha só que bonitinho o presentinho que eu ganhei
por ter concluído meu Iniciante na Officina Amantes
do PSP !!!
Fiquei muito feliz, teve festa e tudo, ganhei muitos e muitos mimos das minhas colegas de grupo e a festa foi muito legal, apesar de eu não ter podido participar muito pois na quinta-feira eu chego muito tarde em casa.
Mas terminei a primeira etapa de aprendizado desse programa mágico que é o PSP, que nos permite fazer coisas lindas, presentear nossas amigas, estou adorando fazer o Curso.
Agora há pouco acabei de refazer a última aula do Intermediário já, estou só esperando a minha professora Kaula avaliá-la para concluir mais uma etapa.
E vamos que vamos!!!

sábado, 12 de maio de 2007

Minha tag para o Dia das Mães







sexta-feira, 11 de maio de 2007

Mãe de dieta

Ando me sentindo vitoriosa!
Entrando naquelas calças que não entravam mais.
Finalmente estou perdendo peso sem sacrifício.
Dra. Márcia, a senhora é demais!
Já se foram oito quilos, faltam muitos ainda, mas o importante são os que foram embora e nunca mais voltarão, se Deus quiser.
Que eu mantenha essa força de vontade pra ficar mais magrinha.
Meu pequeno já anda me chamando de gordinha...
Pois é...para os filhos a gente faz tudo!
Mas nesse frio que anda fazendo, não vai ser fácil fugir do chocolate.
Mas eu vou conseguir...vou sim!!!

terça-feira, 8 de maio de 2007

Mais sobre ser mãe

“ANTES DE SER MÃE......”

Antes de ser Mãe, eu fazia e comia os alimentos ainda quentes.

Eu não tinha roupas manchadas, eu tinha calmas conversas ao telefone.

Antes de ser Mãe, eu nunca me preocupava com a hora de ir para a cama.
Eu não me esquecia de arrumar os cabelos.

Antes de ser Mãe, eu limpava minha casa todos os dias.
Eu não tropeçava em brinquedos nem pensava em canções de ninar.

Antes de ser Mãe, eu não me preocupava se minhas plantas eram venenosas ou não.
Antes de ser Mãe, ninguém vomitou nem fez xixi em mim.

Nem me beliscou sem nenhum cuidado com dedinhos de unhas tão finas.

Antes de ser Mãe, eu tinha controle sobre minha mente, meus pensamentos, meu corpo, meu coração, meus sentimentos.
...eu dormia a noite toda...

Antes de ser Mãe, eu nunca tive de segurar uma criança chorando para que os médicos pudessem fazer testes ou aplicar injeções.
Eu nunca chorei olhando pequeninos olhos que choravam com alguma dor.

Eu nunca fiquei feliz com uma simples risadinha.
Eu nunca fiquei sentada horas e horas olhando um bebê dormindo, e querendo saber a todo instante se este bebê está bem, está respirando direitinho.

Antes de ser Mãe, eu nunca segurei uma criança só por não querer afastar o meu corpo do dela. Eu nunca senti meu coração se despedaçar quando não pude tirar com minhas mãos uma dor.

Eu nunca imaginei que uma coisinha tão pequenininha pudesse mudar tanto a minha Vida.

Eu nunca imaginei que pudesse amar alguém tanto assim, e saber realmente o grande significado do "amor incondicional".

Eu não sabia que eu adoraria ser Mãe.

Antes de ser Mãe, eu não conhecia a sensação de ter meu coração fora do meu próprio corpo.

Eu não conhecia a felicidade de alimentar um bebê faminto.

Eu não conhecia esse laço que existe entre a Mãe e sua criança.

Eu não imaginava que algo tão pequenino pudesse fazer-me sentir tão importante.

Antes de ser mãe eu não imaginava que poderia ser tão feliz!

domingo, 6 de maio de 2007

Festa das Mães no Colégio

Ontem teve festa das mães no Colégio e foi uma delícia.

Brincar junto com ele no meio dos coleguinhas e suas mães foi muito bom!

Viramos crianças...e eu sempre volto ao passado no Colégio onde estudei e onde meu Bruno estuda hoje.

E é muito bom ter essa chance de poder estar junto nesses momentos tão únicos, onde a gente chora, ri, se emociona, vibra.

Ver meu pequenino cantando : "Eu tenho uma mamãe tão linda...e especial....

Eu tenho uma mamãe tão linda...e ela é muito legal!"

Tudo isso faz parte dessa missão deliciosa.

Ai que bom que eu posso viver isso, que bom, que bom!

Quero muitas festas de Dia das Mães ainda...

Um beijo meu filhão querido!

sábado, 5 de maio de 2007

Amor de Mãe


Uma criança pronta para nascer perguntou a Deus:-


Dizem-me que estarei sendo enviado à terra amanhã... Como vou viver lá, sendo assim pequeno e indefeso?

E Deus disse:

- Entre muitos anjos, eu escolhi um especial para você. Estará lhe esperando e tomará conta de você.

Criança: - Mas diga-me: Aqui no Céu eu não faço nada a não ser cantar e sorrir, o que é suficiente para que eu seja feliz. Serei feliz lá?

Deus: - Seu anjo cantará e sorrirá para você... a cada dia, a cada instante, você sentirá o amor do seu anjo e será feliz.

Criança: - Como poderei entender quando falarem comigo, se eu não conheço a língua que as pessoas falam?

Deus: - Com muita paciência e carinho, seu anjo lhe ensinará a falar.

Criança: - E o que farei quando eu quiser Te falar?

Deus: - Seu anjo juntará suas mãos e lhe ensinará a rezar.

Criança: - Eu ouvi que na Terra há homens maus. Quem me protegerá?

Deus: - Seu anjo lhe defenderá mesmo que signifique arriscar sua própria vida.

Criança: - Mas eu serei sempre triste porque eu não Te verei mais.

Deus: - Seu anjo sempre lhe falará sobre Mim, lhe ensinará a maneira de vir a Mim, e eu estarei sempre dentro de você.

Nesse momento havia muita paz no céu, mas as vozes da terra já podiam ser ouvidas.

A criança apressada, pediu suavemente:

- Oh Deus se eu estiver a ponto de ir agora, diga-me por favor, o nome do meu anjo.

E Deus respondeu:



- Você chamará seu anjo... MÃE!


Autor desconhecido

quinta-feira, 3 de maio de 2007

Para Celina...estrela no céu brilhando....

Perfume de Deus
Tem gente que tem cheiro de passarinho quando canta, de sol quando acorda, de flor quando ri.

Ao lado delas, a gente se sente no balanço de uma rede que dança gostoso numa tarde grande, sem relógio e sem agenda.

Ao lado delas, a gente se sente comendo pipoca na praça. Lambuzando o queixo de sorvete.

Melando os dedos com algodão doce da cor mais doce que tem pra escolher.

O tempo é outro e a vida fica com a cara que ela tem de verdade, mas que a gente desaprende de ver.

Tem gente que tem cheiro de colo de Deus.

De banho de mar quando a água é quente e o céu é azul.

Ao lado delas, a gente sabe que os anjos existem e que alguns são invisíveis.
Ao lado delas, a gente se sente chegando em casa e trocando o salto pelo chinelo, sonhando a maior tolice do mundo com o gozo de quem não liga pra isso.
Ao lado delas, pode ser abril, mas parece manhã de Natal do tempo em que a gente acordava e encontrava o presente do Papai Noel.

Tem gente que tem cheiro das estrelas que Deus acendeu no céu e daquelas que conseguimos acender na Terra.

Ao lado delas, a gente não acha que o amor é possível, a gente tem certeza.
Ao lado delas, a gente se sente visitando um lugar feito de alegria.
Recebendo um buquê de carinhos. Abraçando um filhote de urso panda.
Tocando com os olhos os olhos da paz.

Ao lado delas, saboreamos a delícia do toque suave que sua presença sopra no nosso coração.

Tem gente que tem cheiro de cafuné sem pressa, do brinquedo que a gente não largava, do acalanto que o silêncio canta, de passeio no jardim.

Ao lado delas, a gente percebe que a sensualidade é um perfume que vem de dentro e que a atração que realmente nos move não passa só pelo corpo, corre em outras veias, pulsa em outro lugar.
Ao lado delas, a gente lembra que no instante em que rimos e que Deus está dançando conosco de rostinho colado.
E a gente ri grande que nem menino arteiro.

Costumo dizer que algumas almas são perfumadas, porque acredito que os sentimentos também têm cheiro e tocam todas as coisas com os seus dedos de energia, que perfuma muitas vidas com sua luz e suas cores.
E o perfume e tão gostoso, tão delicado, que muda de frasco, mas continua vivo no coração de tudo o que amou.

E tudo o que amar vai encontrar, de alguma forma, os vestígios desse perfume de Deus!

domingo, 29 de abril de 2007

Súplica
Florbela Espanca

Olha pra mim, amor, olha pra mim

Meus olhos andam doidos por te olhar

Cega-me com o brilho de teus olhos

Que cega ando eu há muito por te amar.


O meu colo é arrninho imaculado

Duma brancura casta que entontece;

Tua linda cabeça loira e bela

Deita em meu colo, deita e adormece!


Tenho um manto real de negras trevas

Feito de fios brilhantes d'astros belos

Pisa o manto real de negras trevas

Faz alcatifa, oh faz, de meus cabelos!


Os meus braços são brancos como o linho

Quando os cerro de leve, docemente...

Oh! Deixa-me prender-te e enlear-te

Nessa cadeia assim eternamente! ...


Vem para mim,amor...Ai não desprezes

A minha adoração de escrava louca!

Só te peço que deixes exalar

Meu último suspiro na tua boca!...

Nada a declarar...só um "bad day"


domingo, 22 de abril de 2007

Começando de novo

Hoje eu inauguro mais um blog "Coração de Mãe".
Vamos ver se esse vinga...
O anterior foi abandonado, mas quero cuidar bem desse aqui.
Sejam benvindos todos a esse coração!